Embora existam alguns outros erros que devem ser evitados em seus envios, selecionamos apenas os mais relevantes. Nosso objetivo é ajudar você a ter os melhores comportamentos e garantir que suas campanhas de e-mail lhe proporcionem resultados importantes. Dito isto, aqui estão seis dos erros mais comuns vistos em campanhas de e-mail em todos os setores.

1. Falta de segmentação da lista de e-mails, levando conteúdo irrelevante para os assinantes

Um dos erros mais comuns em campanhas de e-mail é o envio de conteúdo irrelevante para seus clientes. Não importa quão boa seja sua campanha, se ela não for do interesse dos destinatários, eles não vão lê-la. Quase 21% dos consumidores afirmam fazem o descadastro de uma lista de e-mails da marca quando o conteúdo não é relevante para eles.

A boa notícia aqui é que isso é algo simples de resolver. Basta começar a implementar a segmentação com base nas informações de seus contatos que você já possui. Este processo transforma toda a sua lista em várias listas menores com base em critérios muito específicos como, por exemplo:

  • Idade
  • Sexo
  • Localização
  • Histórico de compra
  • Visualização de páginas, entre outros

Depois de dividir sua lista em listas mais detalhadas, você pode realizar segmentações por interações e engajamento em suas campanhas de e-mails, garantindo que seu público esteja recebendo apenas o conteúdo mais relevante disponível e de acordo com seu nível de interesse.

No Mailtop, você consegue segmentar seus envios utilizando as informações dos seus contatos, a partir das interações e de acordo com o Lead Scoring.

2. Não dar Boas-vindas para seus novos assinantes

Você provavelmente já ouviu falar de e-mails de Boas-vindas. Se você ainda não começou a enviar, você precisa começar agora. Dar as boas-vindas ao seu novo assinante à sua marca é essencial para iniciar o relacionamento com os clientes com o pé direito.

Hoje em dia os consumidores esperam ter uma comunicação regular com as marcas que eles escolhem para se inscrever. Se eles se cadastrarem para receber informações da sua empresa e não receberem nada, eles vão pensar que você não se importa os seus clientes. Isto também vai acontecer se você começar a enviar-lhes conteúdo promocional sem tirar um momento para se apresentar.

Seja cortês com seus novos assinantes e envie a eles um simples olá e agradeça por fazerem parte de sua comunidade.

3. Não ter um Call to Action claro

Outro erro comum em campanhas de e-mail é não incluir um CTA (botão para conversão), ou incluir muitos CTAs em um único e-mail. Para que um CTA funcione, você precisa ter certeza de que é simples, fácil de identificar e com uma ação clara.

Isso é crucial porque não só impulsiona o envolvimento geral da sua marca, mas é a maneira mais eficaz de levar seus leitores ao seu site para realizar uma ação, como um download, cadastro ou compra. Aqui estão algumas dicas que você quer ter em mente ao criar sua chamada para a ação para sua próxima campanha de e-mail:

  • Faça o assinante ler seu CTA em primeira pessoa, utilizando termos como “meu” ao invés de “seu”. Por exemplo, usar “baixar minha cópia agora” é um CTA em primeira pessoa, que leva a decisão de baixar a cópia para ele mesmo; a frase “baixe a sua cópia agora” pode parecer que você está exigindo que seu assinante faça isso.
  • Torne-a visualmente atrativa e garanta que ela se destaque, usando uma cor contrastante, para fazer seu botão, como um botão azul contra um fundo branco.
  • Certifique-se de que seu texto CTA se destaque contra a cor do seu botão.

4. Não utilizar um template responsivo

Os dias em que as pessoas abriam os e-mais apenas em computadores já se foram. Na verdade, mais e mais pessoas estão vendo seus e-mails em dispositivos menores, como seus tablets ou smartphones.

Configuração na campanha

Fonte: Emailmonday

Já que cada vez mais consumidores estão usando outros dispositivos além de seus computadores para visualizar os e-mails, você deve criar modelos de e-mail responsivos para que seus assinantes possam abrir seus e-mails, em qualquer dispositivo.

No entanto, enquanto um template de e-mail responsivo irá garantir que seu e-mail seja aberto e de forma visível, você deve ficar atento se ele também é compatível com smartphones. Sim, existe diferença:

  • Os modelos de e-mail responsivos usam CSS que alteram e modificam a mensagem da sua campanha de e-mail com base nas regras específicas que você definiu, e permitindo que ela se adapte e se ajuste a qualquer largura de tela.
  • Os templates de e-mail amigáveis para smartphones dependem de um layout de uma única coluna para garantir que os e-mails ainda sejam legíveis quando eles são escalados para diferentes tamanhos de tela.

Qualquer um destes métodos é aceitável, e há muitos recursos e ferramentas como o Mailtop disponíveis na internet para a criação de templates de e-mail responsivo sem a necessidade de conhecer a codificação que o acompanha.

5. Não prestar atenção à sua frequência de envio

Um erro perigosamente comum em campanhas por e-mail não tem nada a ver com o desenho da sua campanha, mas quando e para onde você está enviando suas campanhas. Enquanto os consumidores querem ouvir algo de suas marcas favoritas regularmente, enviar com muita frequência pode levar seus leitores a cancelar a inscrição na sua lista.

No entanto, o oposto também se aplica. Se você não estiver enviando com frequência suficiente, seus leitores podem e vão esquecer rapidamente sua marca, pois sua caixa de entrada se enche de conteúdo de outras marcas.

A chave aqui é utilizar o teste A/B para ver com que frequência seus assinantes preferem ouvir de você. Outra maneira de garantir que você está enviando com frequência suficiente é perguntar aos seus assinantes com qual frequência eles querem receber suas campanhas.

6. Priorizar imagens e vídeos no conteúdo do seu e-mail

Imagens, vídeos e GIFs são ótimos conteúdos para incluir em suas campanhas de e-mail; entretanto, quando você constrói todo o seu e-mail em torno deles, você está preparando sua campanha para o fracasso. Utilizar vídeos em sua campanha de e-mail pode levar a um aumento de 6% na sua taxa de abertura, mas se você atolar sua mensagem com esses extras, estará correndo o risco de ter carregamentos lentos, e-mails que resultam em imagens corrompidas e leitores frustrados.

O problema aqui é que, uma vez que sua mensagem começa a mostrar arquivos quebrados ou vídeos que não carregam, seus leitores vão ficar frustrados, e essa frustração pode facilmente lançar suas mensagens no lixo.

No caso de imagens que não carregam, pelo menos você tem a oportunidade de adicionar textos alternativos que aparecerão, caso suas imagens corrompam por qualquer motivo ou até mesmo se a caixa de e-mails do seu cliente tiver restrições para carregar imagens automaticamente. Portanto, ao invés de priorizar imagens e conteúdo de vídeo em sua campanha de e-mail, certifique-se de que você está equilibrando suas imagens com uma quantidade decente de texto para garantir que seus leitores ainda estejam recebendo a mensagem completa, e não apenas parte dela.

E-mails que estão fazendo isso direito

Agora que você conhece alguns dos erros mais comuns em campanhas de e-mail, é hora de dar uma olhada em algumas marcas que estão acertando em suas campanhas.

Apple – “Welcome to Apple Arcade”

Welcome to Apple Arcade

Fonte: Really Good Emails

Este e-mail da Apple se destacou como um excelente e-mail, porque ele aborda muitos dos erros mais comuns em campanhas de e-mail que foram discutidos anteriormente.

Primeiro de tudo, é um excelente exemplo de um e-mail de boas-vindas que é enviado para aqueles que assinam o serviço Arcade da Apple. A mensagem é divertida, mas ainda assim muito profissional, o que é esperado pela maioria dos consumidores.

Ela também utiliza um ótimo CTA que se destaca e é muito fácil de identificar. Entretanto, uma área que eles poderiam melhorar é o fato de terem incluído dois CTAs diferentes em um único e-mail. O primeiro CTA se encaixa muito bem neste e-mail de boas-vindas e permite que os leitores entrem diretamente na plataforma. O segundo CTA teria sido mais adequado para um e-mail de acompanhamento na série de boas-vindas com o tópico de criação de uma conta de família, caso fosse necessário.

Grubhub – “Pro tips for ordering delivery”

Smiles Davis, get over $100 in non-stop deals starting now!

Fonte: Really Good Emails

Este exemplo de e-mail do Grubhub se destacou principalmente pelo seu design geral. A marca faz um trabalho maravilhoso de equilibrar seu uso de imagens e texto. A imagem usada neste e-mail grita dinheiro, o que encoraja os leitores a continuarem rolando pela mensagem. O corpo do texto então os informa sobre as “vantagens” mencionadas não apenas no texto do cabeçalho, mas também no CTA.

Eles também usam dois CTAs no e-mail, mas os CTAs são os mesmos. Isso significa que a atenção do leitor não será dividida, e ele pode agir sem ter que adivinhar qual é a escolha certa naquele momento.

Public Goods – “How Our Team Is Coping with Social Distancing”

How Our Team Is Coping with Social Distancing.

Fonte: Really Good Emails

Finalmente, nós gostamos muito deste modelo de e-mail da Public Goods porque ele fez um excelente trabalho de manter o conteúdo em texto equilibrado com as imagens. Graças ao seu layout em uma única coluna, também sabemos que ele será facilmente visualizado em um dispositivo móvel.

Embora este e-mail não inclua uma CTA, este é o raro caso em que realmente é necessário. Este e-mail não foi criado para o leitor interagir. Ao invés disso, ele foi projetado simplesmente para informar.

Resumindo

Pode parecer muito fácil cair em qualquer um desses erros comuns em campanhas de e-mail. Entretanto, o conhecimento é metade da batalha e, se você tiver em mente os seguintes erros, você saberá exatamente o que não deve fazer:

  • Não segmentar sua lista de e-mails levando conteúdo irrelevante para os assinantes;
  • Não dar Boas Vindas aos novos assinantes;
  • Não usar um CTA claro;
  • Não utilizar um template responsivo;
  • Não controlar sua frequência de envio; e
  • priorizar imagens no conteúdo do seu e-mail

Como podemos ajudar?

É novo nesse mundo das campanhas por e-mail? Então entre em contato conosco. Podemos te ajudar a começar.

Fonte: 6 Common Mistakes in Email Campaigns. Foto da capa de Sarah Kilian no Unsplash.